quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Matemática Solidária

No âmbito do Plano Anual de Atividades, decorreu, no dia 16 de dezembro, no auditório da escola, a atividade “Matemática solidária”.
 
O grupo de docentes do Departamento de Matemática e Expressões, constituído pelos elementos Armando Branco, José Jacinto Silva, Lúcia Medina, Mário Jorge Cabral, Paula Fraga e Venília Amaral, organizou a atividade "Matemática Solidária". Vivemos num mundo complexo, controverso, multicultural e em constante mudança, por isso, é essencial uma educação em valores fundamentais como a tolerância, a solidariedade, a responsabilidade, a cooperação, o respeito pela natureza, o sentido de justiça e o espírito crítico.


Conscientes de que as emoções desempenham um papel importante na aprendizagem da Matemática, é de destacar a forte relação que se estabelece entre cognição e afetividade. A afetividade e a cognição caminham de mãos dadas no processo de aprendizagem, pois o homem é um "todo" completo e indissolúvel. Quando uma pessoa se propõe a fazer uma atividade matemática ela não deixa o emotivo e se torna apenas cognitivo, ela é emoção e cognição. A ação de realizar uma atividade matemática envolve a componente afetiva. Na realização de uma tarefa matemática, a pessoa traz toda sua experiência e história de vida. Por isso, a atividade " Matemática Solidária " pretendeu abrir horizontes para um ensino da Matemática diferente em que as emoções e sentimentos estão presentes; "não é a razão que justifica a preocupação pelo outro, mas é a emoção."


Assim, a atividade teve como objetivo despertar emoções e sentimentos com uma mensagem interativa entre as ideias e os conteúdos matemáticos e a conceção que cada um de nós tem sobre a solidariedade. Para tal, projetámos um jogo, tipo "jogo social" com imagem, vídeo, música, modelação matemática, encenação e sombras chinesas. Ainda, no decorrer da atividade, os alunos entregaram a quatro Instituições de Solidariedade Social material escolar que tinha sido angariado junto da comunidade escolar.

É de salientar o enorme empenho, espírito de equipa, organização e disciplina demonstrado pelos alunos durante a atividade.

Atividades desta natureza são importantes e devem continuar a ser desenvolvidas para que nos tornem mais conscientes e solidários na nossa família, na sala de aula, na escola, na rua, enfim… nos espaços da nossa ação enquanto pessoas/indivíduos.

Departamento de Matemática
Enviar um comentário